Everybody´s Typing

digital

 

Tudo mundo teclando comigo

E eu não entendo uma palavra que escrevem

Só as que impressionam meus botões

 

Pessoas vidradas em suas telas

Eu não consigo ver suas faces

Somente sombras onde fulgiam feições

 

Eu estou indo onde não exista sinal

Onde as redes móveis são presas em árvores e o sol é a única máquina

Indo pra onde minhas roupas nunca vão sair de moda

Escrevendo entre as refeições

Lendo até pegar no sono

Despegando feito uma rocha antigravitacional

 

Todo mundo teclando comigo

E eu não entendo uma palavra que escrevem

Só as que impressionam meus botões

 

Não deixarei que me suplantem inteligências artificiais

Não, não vou deixar

Não me cativam as inteligências artificiais

gostou? compartilhe e curta!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top