Mogadíscio

afrique

 

Somadas as bestialidades humanas, somadas as crueldades e as aberrações cotidianas, somados os radicalismos e a estupidez diária: Somália.

Somando-se os corpos – todos negros-, aos amontoados feridos, somando o terror, a raiva e o extremismo, na soma dos traumas e das sequelas: Somália.

Somam-se vozes abafadas, acima dos socorridos, somados os cegos e os amputados, quando se somam os resultados: Somália.

O som que se ouve é de fúria. Ação que se faz necessária, na sombra do homem bomba, a fé movendo a navalha: Somália.

Parecem somente bonecos de pano, um pano encardido de gente, gente coberta de areia, areia molhada de sangue, sangue de cor vermelha: Somália.

Se fosse com os “euros” seriam canalhas, fosse com os EUA viravam migalhas, na Ásia, era represália, pra nós, é apenas matéria, entre o futebol e a novela: Somália.

Somalis sofrendo dos males do mundo. A tristeza africana é uma negra senhora grisalha. Somália.

gostou? compartilhe e curta!!

2 comentários em “Mogadíscio”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top