Bissetriz

images

 

 

Lula lá!  Tá, mas, lá, aonde?

Bom, daí já é uma questão de bissetriz. É importante nos posicionarmos. Em outro ponto, uma visão diferente. O conceito é usado na geometria, principalmente na análise de triângulos, cabe aqui feito uma luva de nove dedos.

Bissetriz é a semirreta que se origina no vértice e divide um ângulo em dois ângulos congruentes, ou seja, com a mesma medida. Tá complicado, né? Simplificar-lhes-ei. Assim: do ponto de vista de alguns, Lula tem que ir pra cadeia. Já do ângulo em que enxergam outros, Lula deve ir é pra cadeira; presidencial para uns, elétrica para os demais.

Não fosse trágico, seria épico. Um ex-presidente atrás das grades, condenado, se o for, por corrupção, poderia representar o amadurecimento da nossa pobrezinha, já tão frágil, sensível e vilipendiada democracia. Mas a corrupção, quando chega ao topo da pirâmide, aos mais altos níveis da hierarquia política, é porque toda a base da sociedade está doente. É cultura que falta, educação, mesmo, à vera.

Que a justiça por aqui é cega, sabemos todos. O que estamos a enxergar, agora, é que ela usa GPS, frena e acelera conforme os interesses do grupo que está no poder; ouve tudo, sabe de tudo e age como e nos momentos que lhe convêm. Existem pesos e medidas de acordo com o réu. E o (in)fiel da balança em nosso judiciário tem nome. Começa com Gil e termina com mar Mendes. “Não ando do lado da lei, e a lei não foi ideia minha”.

O PMDB e o PSDB são contra a candidatura do Lula. O MBL é contra a candidatura do Lula. O Fora Temer, o Aécio, a Cristiane Brasil, Eduardo Cunha, o Coringa, Darth Vader, Lex Luthor, todos são contra a candidatura do Lula. Defendem a candidatura do petista: Papai Noel, a Fada do Dente, Coelhinho da Páscoa e o Chico Buarque. Também, segundo as pesquisas, a grande maioria da população. Ainda que esse fato não seja considerado.

O povo, com quem menos se preocupam nossos líderes, faz quatro eleições que vota com a mão esquerda. A estratégia, então, no caso do impedimento de Lula, é montar um cenário para que tenhamos que optar entre o Bolsomico e o picolé de chuchu. Já tem gente cortando os pulsos. Corremos sérios riscos de, no próximo pleito, votos nulos e brancos, respectivamente, serem eleitos como presidente e vice. Claro, se tiverem aval do Sarney e da Globo.

Luiz Inácio – candidato – Lula da Silva trará consequências para o mercado. O impedimento de sua candidatura trará consequências para o mercado. Sua prisão trará consequências para o mercado. O mercado, mesmo, não está nem aí pra opinião pública, quer é mercantilizar o quanto conseguir. Onde escrevo “mercado” leia/entenda tio Sam. E o tio Sam, agora, usa um topete alaranjado cor de água de salsicha, carrega um botão detonador atômico e refere-se a nós como cucarachas.

Vivemos ninguém pode negar, em um estado de exceção. Já vivemos em um estado de exceção uma vez. A ditadura dos militares, apoiada pelo tio Sam, a Globo, Sarney, Bolsomico, Darth Vader, o Lex, essa mesma galerinha que hoje precisa impedir a candidatura do Lula, e que está unida novamente para garantir a ordem e a estabilidade. Sério, prefiro acreditar em Papai Noel, na Fada do Dente e no Chico Buarque.

É como já referi uma questão de bissetriz. Olha a importância do posicionamento. Alguém, de outro ponto, vê diferente. Daqui, de onde meus olhos enxergam, no ângulo em que observo, #eleiçãosemLuLaégolpe.

gostou? compartilhe e curta!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top