Diárido

relogio do tempo

 

Um dia – como esses – saudade é torniquete

Um dia – contudo – saudade vai virar meme

Um dia – sem pressa – essa saudade míngua

Um dia – ali logo ali – saudade tonteia e desmaia

Um dia – assim, de repente – a gente manda a saudade pastar

Um dia – qualquer dia desses – a minha saudade surta

Um dia – quando menos se espera – saudade será passado

Um dia – ilhada no calendário – aquela saudade fininha…

Um dia – atada na ponta de uma taquara – saudade tropeça e desaba

Um dia – bem nesse mesmo dia – saudade morreu de tédio

Um dia – num dia comum – toda saudade será perdoada

Um dia – no dia de todos os santos – saudade mandou lembranças

Um dia – um dia diferentão – saudade cantou pra subir

Um dia – tô me guardando pra quando – esse dia chega

Um dia

– depois –

o outro.

gostou? compartilhe e curta!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top