Sonho de Natal

Querido Papai Noel, sei que falta ainda um mês para o Natal, mas sabe como andam a coisas, pensei adiantar o serviço por aqui, pra facilitar, sabe. Bom, não posso dizer que me comportei, comportei… e a sinceridade deve ser considerada, afinal, são dois anos de restrições físicas e psicológicas, máscaras, afastamentos e saudades.

Não sei como anda a situação no Polo Norte, mas, pelos meus cálculos, o senhor já dever estar na dose de reforço. Aqui, na Zona Norte, boa parte da população está imunizada, ou seja, pode chegar sem medo. Só peço que mantenha as renas em local seguro, com o preço da carne e os episódios recentes em Caxias do Sul, todo cuidado é pouco.

Neste momento, quando a Simone já começa a lembrar de que “o ano termina” e a questionar “o que você fez?”, passa uma Live em minha cabeça. Vejo que gastei boa parte do tempo a saltar de link em link, ajustando câmeras e microfones, luzes e enquadramento de telas. Porém, me mantive limpinho, respeitei minha senhoura, desci com a Maria Flor e dei atenção para as gurias, menos do que desejava, mais do que seria possível.

Mas o senhor deve estar se perguntando: “o que será que este pobre diabo, digo, pobre tiago, está querendo com esse papinho mole…”. É simples, aí vai, sem rodeios: quero de volta o velho normal, porém, melhorado, mais inclusivo e justo, mais digno, leve e próspero. Tá, eu sei, isso é outro normal, mas serve se for assim, e pode, inclusive, substituir a Simone por Gloria Groove, só uma sugestão.

Agora, o que me faria feliz de verdade, seria uma sobrevoada em Brasília, pra dar o que muitos merecem por lá, pelo conjunto da obra, a falta de humanidade, descaso e desrespeito com a população. Imagina, um barbudinho de vermelho, quem sabe em uma sessão plenária, o trenó zunindo no ar, as renas todas de bucho cheio depois de uma grama verdinha, sobre as suas cabeças ocas, defecar como se não houvesse amanhã. Sublime! Sublime!

Sinceramente, para um bom velhinho, é pedir muito?
Carinho,

gostou? compartilhe e curta!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to Top